FacebookPinterestTwitter
7. Abril 2020

UNITED FASHION LISBOA. UM INTERCÂMBIO DE CONHECIMENTO E CRIATIVIDADE

-  United Fashion,  ModaLisboa,  ModaLisboa Awake

UNITED FASHION LISBOA. UM INTERCÂMBIO DE CONHECIMENTO E CRIATIVIDADE

Promover a criatividade, a inovação, o empreendedorismo e aumentar as oportunidades de negócio para os designers de Moda europeus é o principal objetivo do United Fashion, um projeto de intercâmbio realizado por um grupo de sete organizações de Moda europeias: MAD, Home of Creators; Fashion Council Germany; Flanders DC; Baltic Fashion Federation; Maisons de Mode; Fashion Weekend Skopje e Associação ModaLisboa.

Desde a sua fundação em 2017, que o United Fashion tem vindo a realizar várias ações em cada um dos países cooperantes no projeto e em março passado, chegou a Lisboa. Integrado na ModaLisboa -Lisboa Fashion Week, o United Fashion Lisboa trouxe à capital 15 designers de Moda europeus para um intercâmbio de conhecimento e criatividade e um programa focado em aproximar estes jovens talentos ao know-how e à especialização de luxo da indústria têxtil portuguesa. O United Fashion Lisboa foi a casa de workshops e ações de formação que incidiram sobre inovação, novos modelos de negócio, tecnologia, sustentabilidade e ética em todas as fases do processo.

Como construir uma relação valiosa com o seu fabricante? Como equilibrar sustentabilidade e criatividade no seu negócio? Onde se pode produzir em Portugal e quais são as plataformas relevantes? foram algumas das questões abordadas nos workshops “Production & Sourcing In Portugal” e “Responsible Making Workshop Portugal: Fashion’s New Frontier”.

No workshop “Production & Sourcing In Portugal” alguns dos mais importantes fabricantes portugueses foram convidados, como case studies da indústria, a apresentar as suas melhores práticas e a introduzir o mercado nacional aos convidados internacionais.

João Pinto Machado, vice presidente da ANIVEC, falou sobre as principais práticas de abordagem do mercado industrial português aquando da procura de novos fornecedores. Salientou a qualidade de fabricação e o ADN portugueses, a importância de estabelecer um relacionamento próximo com os fabricantes, e como isso é um elemento diferencial da produção local.

Como construir uma relação valiosa com o seu fabricante? Os nossos convidados deixaram algumas dicas: Adapte a sua mentalidade às pessoas com as quais está envolvido. Visite o seu fabricante no mínimo duas vezes durante o processo de produção, aproxime-se das pessoas que trabalham consigo e para si. Aprenda a ouvir e estar lá para o outro.

Ana Costa, da Catalyst Sourcing Solutions, uma plataforma focada na promoção de marcas e fabricantes portugueses com produção responsável e boas práticas, falou sobre as importantes parcerias que a Catalyst já estabeleceu com vários produtores nacionais, as quais podem ser valiosas para jovens designers e pequenas e médias empresas.

Daniel Mota Pinto, da Scoop, um importante fabricante português com experiência na produção de peças de roupa inovadoras e de alta qualidade para marcas reconhecidas em todo o mundo, focou a sua apresentação na produção responsável, transparente e ética da empresa e da sua atual aposta na disponibilização de excedentes de stocks a marcas e designers.

Ana Eusébio da Tintex Textiles, um dos produtores de malhas mais reconhecido em Portugal, falou sobre a estratégia da empresa focada na sustentabilidade e na inovação. A Tintex acredita que os novos modelos de negócio devem assentar na combinação entre inovação, transparência e design. Especializada no desenvolvimento de novas fibras, a empresa trabalha também para responder às necessidades dos designers.

Ana Pedrosa e Rodrigues apresentou a sua empresa, Pedrosa & Rodrigues, os seus clientes e mostrou o potencial do knitwear, produto no qual érelacionando-o com as tendências atuais.

Beatriz Poulson e Maria Assunção da Calvelex, empresa de produção do alto segmento de vestuário de senhora, apresentaram o seu mais recente projeto, a tecidoteca Fabrics4Fashion, que visa dinamizar o potencial criativo e a capacidade competitiva de novos criadores. Com cerca de 7500 referências de tecidos, a Fabrics4Fashion possibilita a compra de materiais sem quantidades mínimas, minimizando os custos e investimentos iniciais que garantem a sustentabilidade de uma marca.

No final deste workshop, os designers tiveram a oportunidade de apresentar os seus trabalhos, partilhar as suas visões com os profissionais da indústria e potenciais fornecedores e obter conselhos sobre os seus negócios e formas de produção.

Já no workshop ‘Responsible Making Workshop Portugal: Fashion’s New Frontier’, os designers emergiram numa experiência visual e tátil do cenário industrial da moda em Portugal. Organizado em parceria com a Catalyst Future Fashion, este workshop forneceu aos designers vários factos importantes sobre produção e sourcing responsáveis, além de mostrar alguns exemplos de marcas portuguesas que trabalham para o desenvolvimento sustentável da nossa indústria. Os participantes também tiveram a oportunidade de experimentar soluções inovadoras de comunicação como a app Awatar.

Os designers do United Fashion Lisboa tiveram também a oportunidade de expor as suas coleções para o outono / inverno 20/21 num showroom B2B e B2C, um espaço de novas oportunidades que foi visitado por buyers, imprensa nacional e internacional e opinion makers.

Tudo isto culminou com a apresentação ao público e à cidade das coleções de 14 destes designers num evento especial em formato de happening, que teve lugar no espaço nobre dos Paços do Concelho. Foi o ponto alto deste intercâmbio de criatividade.