FacebookPinterestTwitter
1. Setembro 2021

SMALL BUT PERFECT: NOVO PROGRAMA DE APOIO A PROJETOS NA ÁREA DA MODA E SUSTENTABILIDADE

SMALL BUT PERFECT: NOVO PROGRAMA DE APOIO A PROJETOS NA ÁREA DA MODA E SUSTENTABILIDADE

A Fashion Revolution Portugal, em parceria com o Impact Hub Lisbon e outros parceiros internacionais, está à procura de candidatos para o Small But Perfect, um novo programa de aceleração para startups, designers e PMES que pretendem adotar modelos de negócio sustentáveis e circulares no setor da Moda. No próximo dia 7 de setembro, das 14h00 às 15h30, realiza-se uma sessão de informação sobre o projeto.

Reconstruir o sistema da moda, dando destaque às pequenas empresas, é o objetivo deste projeto colaborativo europeu destinado a cinco grupos distintos:

- Start-ups de moda sustentável e circular que pretendem escalar o negócio;
- PMEs sustentáveis e circulares, já estabelecidas no mercado, que desejam desenvolver os seus negócios e trabalhar internacionalmente;
- PMEs de moda que tencionam transitar para um modelo circular e sustentável;
- PMEs e iniciativas que fornecem soluções circulares e sustentáveis ao setor da moda e.g. reciclagem, sistemas de design circulares;
- colaborações entre PMEs, empresas e iniciativas, fora e dentro do setor da moda, para criar e testar novos modelos colaborativos.

Small But Perfect visa apoiar, ao longo de 18 meses, 28 projetos sustentáveis e circulares de PMEs de toda a Europa. Os selecionados beneficiarão de um programa de desenvolvimento de negócio com uma fase de aceleração com duração de 8 meses, incluindo 5 módulos online e 3 bootcamps presenciais em Lisboa, Berlim e Atenas; mentoria de negócios com líderes nos setores da moda, empreendedorismo social, tecnologia e economia circular; 5 meses de investigação e desenvolvimento (I&D); exposição em showcase através da plataforma Fashion Open Studio; e apoio financeiro de €10.275 por parceria.

A colaboração é a chave deste projeto: para candidatar-se, é necessário ter um parceiro — de idealização, design, produção, comercialização ou tecnologia — noutro país da UE ou países associados: Armênia, Albânia, Bósnia e Herzegovina, Islândia, Kosovo, Macedônia do Norte, Moldávia, Montenegro, Sérvia, Turquia, Ucrânia e Reino Unido.

Mais informações e candidaturas aqui