FacebookPinterestTwitter
23. Junho 2022

A PAIXÃO DE YSL POR MARRAQUEXE CHEGA AO PALÁCIO CADAVAL

-  Exposições,  Moda

A PAIXÃO DE YSL POR MARRAQUEXE CHEGA AO PALÁCIO CADAVAL

A exposição “LOVE - Marrakech opened my eyes to color”, patente no Palácio Cadaval, em Évora, até 30 de outubro, revela a paixão do lendário criador de moda francês, Yves Saint Laurent, pela cidade de Marraquexe e pela sua cultura. LOVE combina Moda e Artes Plásticas, numa explosão de cores e formas.

Os laços entre Yves Saint Laurent e Marrocos levam a novas abordagens estéticas e conexões criativas, que a exposição “LOVE - Marrakech opened my eyes to color” apresenta em três capítulos distintos.

O primeiro capítulo, com curadoria do designer Stephan Janson, foca a influência de Marrocos no trabalho de Yves Saint Laurent. “Descobrir Marraquexe foi um grande choque. Esta cidade abriu-me os olhos para a cor”, afirmou o criador francês após a sua primeira viagem à cidade marroquina, em 1966. O impacto desta descoberta no trabalho de YSL é evidenciado num conjunto de 14 looks — provenientes da Fondation Pierre Bergé-Yves Saint Laurent e de coleções privadas —cuidadosamente selecionados e expostos na Igreja de São João Evangelista, Palácio de Cadaval.

O segundo capítulo, com curadoria da crítica de arte Mouna Mekouar, está patente no coração do Palácio de Cadaval e convida os visitantes a descobrir a arte de 13 artistas marroquinos de diferentes gerações e disciplinas, cujo trabalho é influenciado pela visão criativa de Yves Saint Laurent, especialmente pelo seu uso ousado da cor e do espaço. O ponto de partida para a exposição são os famosos pósteres Yves Saint Laurent, que o criador enviou, durante 27 anos, em forma de cartões de boas festas a amigos, colaboradores e clientes, por altura do Natal. Usando novas paletas de cores, colagens, desenhos e guaches, os cartões eram inspirados em Marrocos, e ostentavam sempre a palavra LOVE.

Por fim, o terceiro capítulo, com curadoria de Alexandra de Cadaval, apresenta o trabalho de Noureddine Amir, o primeiro designer de moda marroquino a apresentar uma coleção de Alta Costura em Paris, a convite da Fédération de la Haute Couture, em julho de 2018. Os seus vestidos escultóricos desfazem a fronteira entre moda, arte e arquitetura.

A exposição é acompanhada por um programa paralelo de concertos de artistas oriundos de Marrocos, que visa exaltar e celebrar o património musical marroquino.

“LOVE - Marrakech opened my eyes to color” marca a reabertura do Palácio de Cadaval às iniciativas culturais, depois de obras de reabilitação. A exposição pode ser visitada até 30 de outubro, de terça a domingo, das 10h00 às 18h00.