FacebookPinterestTwitter
7. Março 2020

MODALISBOA AWAKE | REPORT 5 E 6 DE MARÇO

-  Moda Portuguesa,  ModaLisboa,  ModaLisboa Awake

MODALISBOA AWAKE | REPORT 5 E 6 DE MARÇO

A ModaLisboa tornou-se mais internacional com o projeto United Fashionque trouxe a Lisboa 15 jovens designers europeus, para um intercâmbio de conhecimento e criatividade e um programa restrito que incluiu momentos de networking com indústria, imprensa e buyers nacionais e internacionais, workshops e showroom. Tudo isto culminou com a apresentação ao público das coleções de outono/inverno 20/21 dos designers participantes no projeto, num evento em formato de happening, que teve lugar na quinta feira, às 21h00, nos Paços do Concelho. Os 15 designers participaram ainda numa pop-up store no Mercado de Santa Clara, onde estiveram também presentes designers da ModaLisboa.

Ontem inaugurámos o calendário de desfiles da ModaLisboa AWAKE com Sangue Novodando continuidade à nossa missão de promoção dos novos talentos e da criatividade. Os 5 designers finalistas Flávia Brito, Francisco Pereira, Filipe Cerejo, Cêlá e Inês Manuel Baptista apresentaram as suas novas coleções para o outono/inverno 2020/21 e no final do desfile o júri ­- constituído por Miguel Flor (Presidente), Lidija Kolovrat, Veronique Branquinho, Adriano Batista (Diretor da revista Fucking Young!), Danilo Venturi (Diretor da Polimoda) e Ricardo Silva (Head of Operations da Tintex Textiles) - anunciou os 3 grandes vencedores do concurso. Inês Manuel Baptista conquistou o Prémio ModaLisboa em parceria com a Polimoda e vai receber um Master in Fashion Design ou Collection Design, na Polimoda, em Florença, e uma bolsa de 3500 euros. Francisco Pereira foi distinguido com o Prémio ModaLisboa em parceria com a Tintex e poderá usufruir de uma residência de 3 semanas na Tintex Textiles, onde terá a oportunidade de desenvolver uma coleção cápsula com materiais da empresa. Vai receber também uma bolsa de 2000 euros. Cêlá foi a vencedora do Prémio The Feeting Room e irá colocar a sua coleção à venda na concept store portuguesa.

Seguiu-se a apresentação da coleção de Carolina Machado, que tem como mote “a longevidade e naturalidade, um guarda-roupa pensado para todas as ocasiões”. Nesta estação, a designer explora o conceito de grounding e, inspirada pela natureza, trabalha formas que variam do oversized ao midi e ao cropped, com materiais que vão do algodão à viscose e à lã, numa paleta de cores neutras (verde, bege, castanho, azul e branco).

Third Pole, o nome dado aos Himalaias por serem o lugar na Terra com mais água doce a seguir aos Pólos Norte e Sul, foi o mote para a coleção de Duarte, inspirada na primeira expedição ao Evereste nos anos 50. Numa chamada de atenção para as alterações climáticas, a designer colaborou com o street artist Edis One na criação de um estampado com cinco animais em vias de extinção nos Himalaias. A dualidade do oversized e do fitted chega-nos em tons de cinzento, azul petróleo, verde, castanho, vermelho tijolo, amarelo e dourado. A nível de materiais, Duarte aposta em algodão reciclado, lã virgem, pele de ovino e tecidos técnicos waterproof.

A coleção para o outono/inverno 20/21 de Valentim Quaresma não tem ponto de partida nem fonte de inspiração. É, como revela o designer, uma fusão de livros que leu, de filmes que viu, de conversas que teve, de viagens que fez e de personagens que sonhou. O resultado é um imaginário irreal onde as peças dialogam com a obsessão de um registo de informação num ambiente utópico de ficção científica, em que jogos de assimetrias se cosem em malhas, vinis, neoprenes, latão, alumínio, cobre e materiais reciclados em tons de preto, castanho, cinza, cobre, prata e ouro.

A noite terminou com o desfile de Carlos Gil, que, mais uma vez, dedica a sua nova coleção a uma mulher determinada, elegante e sensual. Uma coleção inspirada em Mind Games porque “todo o ser humano se questiona e procura resposta no seu interior, respostas do seu íntimo que o levam a encontrar novos caminhos e emoções que transformam o abstrato em algo concreto”. A escolha de padrões abstratos e cores ilustram precisamente essa ideia. O preto predomina em combinação com branco, bege, vermelho, rosa e azul.

A ModaLisboa AWAKE continua hoje com os desfiles de João Magalhães, Buzina, Luís Buchinho - que regressa à passerelle da ModaLisboa no âmbito do protocolo de cooperação estabelecido entre a Associação ModaLisboa e a ANJE, responsável pelo Portugal Fashion - Ricardo Preto, Luís Carvalho, Kolovrat, Gonçalo Peixoto, e Nuno Gama.

Fique atento(a) às notícias, assista ao live stream dos desfiles, conheça as tendências para o outono/inverno 2020/21 e acompanhe os melhores momentos da ModaLisboa AWAKE no site, Facebook e Instagram da ModaLisboa.  

ModaLisboa AWAKE. O futuro está nas nossas mãos.

MODALISBOA AWAKE
FW 20/21
5. 6. 7. 8 MARÇO 2020
OFICINAS GERAIS DE FARDAMENTO E EQUIPAMENTO DO EXÉRCITO

Apresentação oficial das Coleções dos Criadores Portugueses.

A Lisboa Fashion Week é promovida pela Associação ModaLisboa em co-organização com a Câmara Municipal de Lisboa. A iniciativa é cofinanciada pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional através do Programa Operacional de Lisboa do Portugal 2020.