FacebookPinterestTwitter
10. Janeiro 2023

EUROPEAN FASHION ALLIANCE: É TEMPO DE UM PRÓSPERO FUTURO DA MODA MOVIDO PELA CRIATIVIDADE

-  Moda,  Sustentabilidade,  European Fashion Alliance

EUROPEAN FASHION ALLIANCE: É TEMPO DE UM PRÓSPERO FUTURO DA MODA MOVIDO PELA CRIATIVIDADE

Mais ecológico, mais inovador, mais criativo — na primeira cimeira na Gran Canaria, os membros da European Fashion Alliance "EFA" redigiram um pacote de medidas e ações para um futuro sustentável e inclusivo da Indústria de Moda europeia. 

A convite da Moda Cálida — programa de Moda da Gran Canária — e da autoridade local Cabildo de Gran Canária, os membros da European Fashion Alliance (EFA), fundada em Frankfurt em junho de 2022, reuniram-se em Maspalomas nos dias 19 e 20 de outubro, durante a Gran Canária Swim Week (a única Semana de Moda Europeia de Swimwear) para a sua primeira cimeira.

O objetivo da cimeira de 59 representantes de 23 países europeus era discutir e acordar um pacote de medidas e ações que pudessem apoiar e promover o processo de transformação necessário na Indústria de Moda na Europa. A Aliança, que consiste em 29 membros, incluindo Conselhos de Moda, Semanas de Moda, instituições de Investigação e Educação, representa mais de 10.000 projetos europeus do setor da Moda, desde micro a grandes empresas. 

Um dos principais tópicos discutidos durante o encontro foi o Green Deal da União Europeia, formulado pela Presidente da Comissão Ursula von der Leyen em 2019 para reduzir a zero as emissões líquidas de gases com efeito de estufa até 2050, para o qual a Indústria de Moda deve também contribuir urgentemente, de acordo com o compromisso da EFA. Especialmente porque a pegada ecológica e destrutiva de CO2 da produção têxtil e do consumo de Moda é ainda monumental.

A European Fashion Alliance pretende contribuir significativamente para alcançar uma indústria têxtil neutra em carbono, ambientalmente sustentável, não tóxica e completamente circular, e para sensibilizar os produtores, Designers e consumidores de Moda.

Para o efeito, foram definidos quatro pilares sobre os quais se basearam as medidas visadas durante o encontro na Gran Canária: Sustentabilidade, Educação, Política e Inovação.

A European Fashion Alliance acredita que a sustentabilidade e a transformação digital, juntamente com a inovação, educação e medidas do mercado de trabalho, serão os motores para que a Indústria de Moda torne os têxteis mais duráveis, reparáveis, reutilizáveis e recicláveis. Para acelerar este processo de transição, a EFA irá, por isso, concentrar-se também nos intercâmbios e interações interculturais entre criativos e apoiar os jovens talentos como motores de mudança através de ações, investigação e campanhas. 

Joana Jorge, Project Manager da ModaLisboa, diz que "para as Semanas de Moda independentes é importante encontrar um nicho, baseado na criatividade e autenticidade, que crie um interesse real para os nossos convidados. Como fizemos em consonância com a dinâmica de Lisboa".

Para o período de 2023 a 2027, a European Fashion Alliance traduz esta crença em quatro objetivos principais, baseados nos quatro pilares definidos:

1. Definição de um código de conduta ético, social e sustentável para os membros da EFA e, por extensão, para a Indústria de Moda.

2. Um novo Green Deal para a Moda a nível europeu, representando a cultura e as empresas de Moda, fundado num ecossistema de Moda circular e social, assente na partilha de dados e num sistema de medição comum.          

3. Criação e aplicação de formação sobre Sustentabilidade e Tecnologia, bem como práticas de responsabilidade social e cultural para as principais partes interessadas na EFA.

4. Empoderamento da Geração Z e das novas gerações como forças líderes na transição digital, circular e social da Indústria de Moda.

Os membros concordam que a visão e os objetivos da EFA devem ser traduzidos em planos de ação e quadros políticos concretos dentro dos próximos dois a três anos para impulsionar a mudança. Isto só pode ser alcançado com um sólido entendimento das necessidades e desafios da Indústria de Moda, especialmente das partes criativas interessadas.

Pascal Morand, da Fédération de la Haute Couture et de la Mode, afirma que "a Moda vai para além do mercado, é uma questão de cultura. Estamos numa economia de mercado; também é necessário que aqueles que não estão no mercado compreendam que a Moda criativa pode desempenhar um papel de motor sustentável globalmente". 

Em 2023, a EFA lançará, através dos seus membros, um inquérito à escala europeia para investigar as necessidades e os desafios das micro, pequenas, médias e grandes empresas que operam na Indústria de Moda e Têxtil, bem como na educação e investigação, e outras partes interessadas relacionadas com a indústria.

Os conhecimentos adquiridos a partir deste estudo deverão permitir à EFA criar um quadro político orientado por prioridades, em resposta à legislação atual resultante, entre outros, da Estratégia Europeia para Têxteis Sustentáveis e Circulares, e a criação de novos programas políticos da UE para apoiar a Moda e as indústrias criativas. O objetivo é dar aos interessados uma melhor compreensão da legislação europeia — uma área em que muitos empresários e criativos ainda não estão familiarizados.

Dilys Williams, do Center for Sustainable Fashion, esclarece que "devemos não só mudar o conteúdo da Moda, mas mudar as regras e objetivos da Moda. A Moda é frequentemente avaliada em termos económicos pelo crescimento e pelos números. Mas é importante criar valor em termos culturais. Para comunicar o que a Moda pode contribuir para o bem-estar das pessoas e que impacto — positivo e negativo — tem na nossa sociedade". 

Além disso, a EFA envolverá e capacitará jovens vozes e talentos, envolvendo-os ativamente em papéis e atividades de liderança dentro da organização, ao lado de marcas e organizações estabelecidas.                


SOBRE A EFA                                                

A European Fashion Alliance é a primeira aliança transnacional de instituições de Moda europeias. O seu objetivo é promover um ecossistema fértil, sustentável e inclusivo para a moda europeia. A EFA atua como uma forte voz coletiva que defende e acelera a transição da Moda europeia para um futuro mais sustentável, inovador, inclusivo e criativo.

ASOCIACION CREADORES DE MODA DE ESPANA – AUSTRIAN FASHION ASSOCIATION – BALTIC FASHION FEDERATION – BRITISH FASHION COUNCIL – BULGARIAN FASHION ASSOCIATION – CAMERA NAZIONALE DELLA MODA ITALIANA – CENTER FOR SUSTAINABLE FASHION – COPENHAGEN FASHION WEEK – COUNCIL OF IRISH FASHION DESIGNERS – ESTONIAN ACADEMY OF ARTS – FASHION COUNCIL GERMANY – FÉDÉRATION DE LA HAUTE COUTURE ET DE LA MODE – FÉDÉRATION FRANÇAISE DU PRÊT À PORTER FÉMININ – FINNISH TEXTILE & FASHION – FLANDERS DC - GLOBAL FASHION AGENDA – UNGARIAN FASHION DESIGN AGENCY – ISLANDIC FASHION COUNCIL - FAD – MODALISBOA – MODA CALIDA - MODE SUISSE – NORWEGIAN FASHION HUB – SKOPJE FASHION WEEKEND – SLOWAK FASHION COUNCIL – SWEDISH FASHION COUNCIL – TASKFORCE FASHION – THE PRINCE’S FOUNDATION – WALLONIE-BRUXELLES DESIGN MODE.

Para mais informações e entrevistas:                                                                                                             

press@europeanfashionalliance.org

manuela.oliveira@modalisboa.pt 

www.europeanfashionalliance.org
                                     

Sobre Gran Canária Swim Week by Moda Calida                                                    

Gran Canária Moda Cálida é um programa de ações no setor têxtil da Moda na ilha de Gran Canária, criado e promovido pelo Ministério da Indústria, Comércio e Artesanato do Cabildo de Gran Canária. A Moda é, para esta instituição, um setor em crescimento com possibilidades de expansão industrial e a Gran Canária Moda Cálida é o quadro no qual Designers e empresas apoiam os seus projetos. Gran Canária Swim Week by Moda Cálida é a bandeira principal da Gran Canária Moda Cálida e, portanto, o principal evento da Semana de Moda Moda Cálida, que é o único evento profissional de swimwear em toda a Europa. Fundada em 1996 por iniciativa do Departamento de Indústria, Comércio e Artesanato do Cabildo de Gran Canária, tem como objetivo promover o design da Gran Canária, bem como apoiar o crescimento do setor têxtil local. Desde então, o interesse pela plataforma tem crescido exponencialmente até atingir um alcance de mais de 373 milhões de pessoas.  

www.grancanariaswimweek.com