FacebookPinterestTwitter
25. Fevereiro 2022

#CHANGEMAKERS: BETCLIC

-  ModaLisboa Metaphysical

#CHANGEMAKERS: BETCLIC

Pureza Vasconcelos e Sousa, Country Manager da Betclic, fala com a ModaLisboa sobre Futuro, Mudança e Equidade.

As marcas que apoiam a MODALISBOA METAPHYSICAL são, na sua essência, poderosos motores de mudança. #CHANGEMAKERS são breves entrevistas que dão voz a quem trabalha diariamente para a construção de um futuro sólido, transparente, inclusivo e sustentável.

Nesta Lisboa Fashion Week, a Betclic marca presença com o apoio à coleção de Dino Alves, que procura estabelecer uma forte ligação ao mundo desportivo — nomeadamente, ao Street Basket. A Betclic Portugal já colabora com o Designer no projeto Betclic Collective, hub dirigido por Dino e que promove a criação de coleções-cápsula de marcas desportivas e atletas.

Esta é a primeira Lisboa Fashion Week de 2022 e, juntos, queremos começar o ano em mudança. Quais são os valores basilares que vos guiam hoje?
Criatividade, Inovação, Engenho, Sustentabilidade, Equidade.

A criatividade está na raiz de tudo o que fazemos. O que é que falta criar?
Um mundo mais sustentável e igualitário.

Caminhamos numa direção em que o consumidor se move menos pelo produto e mais pelo propósito. Que passos estão a dar nessa direção?
Somos uma marca de entretenimento, mas somos também uma marca que aposta no desenvolvimento de projetos de Impacto Social através do desporto, cocriando com artistas e parceiros em diferentes territórios culturais, para criar novas abordagens de impacto positivo. Fazemo-lo conduzindo sempre em direção à Sustentabilidade, e indo além do nosso ADN Desportivo e de Entretenimento para facilitar a Criação, Inovação, Visão, e Inspiração, para uma comunidade já no Futuro.

O que é que continua a inspirar-vos, todos os dias?
Quem dá sempre tudo o que tem e desafia os limites do possível, mesmo quando ninguém mais entende o que as move, porque é assim que as grandes transformações se dão.

Qual acreditam ser o papel das marcas na construção de um futuro mais humano, transparente, ético e inclusivo?
A sociedade olha cada vez mais para as empresas como entidades que podem e devem ocupar o seu espaço no motor da mudança que nos levará por melhores caminhos. As empresas devem abraçar estes desafios de forma transparente e autêntica, aplicando estes princípios a todos os níveis de decisão, dentro e fora da sua esfera de atuação, e procurando corresponder, e até ir além, destas expectativas: quando no ano passado decidimos, por exemplo, patrocinar a Liga Betclic em iguais condições para a liga masculina e feminina, estávamos a também a percorrer este caminho, e vamos continuar a fazê-lo.

A construção de comunidade é um dos maiores poderes — e responsabilidades — de uma marca. Como descreveriam a vossa comunidade?
A nossa comunidade é divertida, inovadora, aventureira, apaixonada e criativa.

E já que a Lisboa Fashion Week faz parte dessa mesma comunidade: se só tivessem três palavras para descrever a vossa relação com a ModaLisboa, quais seriam?
Nova, Enérgica, Impactante.

Foto em destaque: Pureza Vasconcelos e Sousa, Country Manager da Betclic