FacebookPinterestTwitter
6. Dezembro 2019

'ANTES DO INÍCIO E DEPOIS DO FIM'. ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR CRUZA A OBRA DE JÚLIO POMAR COM A DE HUGO CANOILAS

-  Exposições,  Arte

'ANTES DO INÍCIO E DEPOIS DO FIM'. ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR CRUZA A OBRA DE JÚLIO POMAR COM A DE HUGO CANOILAS

O Atelier-Museu Júlio Pomar, em Lisboa, continua a sua missão de cruzar a obra de Júlio Pomar com a de outros artistas, de modo a estabelecer novas relações entre o trabalho do pintor e a contemporaneidade. Neste sentido, apresenta, a partir de 8 de dezembro, a exposição “Antes do Início e Depois do Fim: Júlio Pomar e Hugo Canoilas”, com curadoria de Sara Antónia Matos.

A mostra estará patente até 1 de março 2020 e foca a relação entre a arte e a ideia de extinção, biodiversidade e de coexistência planetária, apresentando, por um lado, a enorme diversidade de animais que Júlio Pomar representou na sua obra ao longo de mais de 70 anos, em diferentes técnicas e suportes. Por outro lado, é apresentado o trabalho que Hugo Canoilas tem desenvolvido nos últimos anos em torno de uma figuração por vezes pré-histórica ou pós-apocalíptica, numa tentativa crítica de pensar sobre a sociedade, sobre a relação com a arte e com a natureza através da arte.

O cruzamento das obras destes dois pintores leva-nos a repensar a natureza das coisas, dos objetos, dos fenómenos da natureza, da arte, das suas matérias, exercícios e metodologias. Equacionar os modos de ver e percecionar, implicando o observador numa participação construtiva.