FacebookPinterestTwitter
9. Abril 2019

'CONSTELAÇÕES: UMA COREOGRAFIA DE GESTOS MÍNIMOS' INAUGURA AMANHÃ NO MUSEU COLEÇÃO BERARDO

-  Exhibition,  Art

'CONSTELAÇÕES: UMA COREOGRAFIA DE GESTOS MÍNIMOS' INAUGURA AMANHÃ NO MUSEU COLEÇÃO BERARDO

Obras de pintura, vídeo, desenho e escultura de meia centena de artistas nacionais e internacionais vão estar em exibição na mostra "Constelações: uma coreografia de gestos mínimos", que estará patente no Museu Coleção Berardo, em Lisboa, de 10 de abril a 30 de setembro de 2019. 

Com curadoria de Ana Rito e Hugo Barata, a exposição tem como objetivo assumir a Coleção Berardo como um território horizontal de investigação, colocando vários artistas nacionais e internacionais em confronto com obras seminais da coleção. “Adotando uma postura anacrónica que mergulha nos diferentes núcleos da exposição, abre-se caminho para um desenho do fluxo entre a História e a sua própria investigação, que visa inquirir conexões intrínsecas entre as vanguardas do século XX e a criação atual. Este conjunto de intervenções, seguindo uma linha narrativa desprendida e conceptual, reger-se-á pelo conceito filosófico de constelação”.

Edgar Martins, Fernanda Fragateiro, João Onofre, João Tabarra, António Olaio, Carla Rebelo, Ana Pérez-Quiroga, Os Espacialistas, Diogo Evangelista, Rui Toscano, Michaël Borreman, Hans Richter, Louise Lawler, Lawrence Weiner, Felix González-Torres, Gabriel Orozco, Aby Warburg, Alighiero Boetti, Lucio Fontana, Juan Muñoz, Thomas Ruff, Andre Breton, Tristan Tzara e Valentine Hugo são alguns dos artistas representados na exposição.