FacebookPinterestTwitter
13. February 2020

ISIDRO PAIVA ASSOCIA-SE À COMPANHIA NACIONAL DE BAILADO

-  Moda,  Arte

ISIDRO PAIVA ASSOCIA-SE À COMPANHIA NACIONAL DE BAILADO

Isidro Paiva, foi um dos finalistas do concurso Sangue Novo da ModaLisboa em março de 2018, e desde então tem vindo a dedicar-se a diversos projetos na área da moda e noutros universos artísticos. O jovem designer está atualmente a colaborar com a Companhia Nacional de Bailado e com a Coreógrafa Sónia Baptista, para a criação dos figurinos da peça infantil “Planeta Dança”, em cena no Teatro Camões, a partir de 15 de fevereiro.

“Criamos uma história sobre a origem da dança - o movimento com ecos de diversas culturas e tempos. O resultado é a construção de cinco personagens fantásticos, uma espécie de Animalário dançado, que joga com os limites entre a realidade e a ficção, para que as crianças possam dar espaço à sua própria criatividade”, explica o designer.

O convite para a criação dos figurinos foi dirigido pela Coreógrafa Sónia Baptista e pela Diretora Artística da CNB, Sofia Campos. “Desde o início que o objetivo era que o nosso trabalho não ficasse circunscrito ao universo da moda. Enquanto marca, pretendíamos criar pontes entre as diversas esferas artísticas. Vejo esta parceria como uma forma eficaz de ampliar o nosso universo criativo e cultural”, afirma Isidro Paiva.

SOBRE ISIDRO PAIVA

Nascido em Portel, Isidro Paiva formou-se em pintura, pela Universidade de Évora, tendo simultaneamente frequentado o curso de técnicas de vestuário, pelo CIVEC de Lisboa. Posteriormente, ingressou no curso de design e calçado, na ESAD de Matosinhos.

Em 2015, iniciou o seu percurso enquanto designer de moda, apresentando a sua primeira coleção unissexo, outono-inverno 2015/2016. Em março de 2018 apresentou “Beauty of Mifit” no concurso Sangue Novo da ModaLisboa.

A marca Isidro Paiva posiciona-se como uma marca jovem, que pretende explorar a relação entre o universo masculino e feminino e estreitar a relação entre as práticas artísticas e o universo quotidiano, aliando tecnologia e tradição. Inconformista e naturalmente curiosa, procura aliar o rigor clássico à liberdade criativa, numa constante procura de soluções conceptuais e técnicas. Procura desenvolver um produto distinto e de qualidade que substitui a lógica obsessiva de fazer do made in, pela ideia de Born in Portugal.

Mais informações sobre a peça "Planeta Dança" AQUI

FOTO: Hugo David/CNB2020